Situação da Fronteira e do Turismo na Tailândia

Reabertura da fronteira e do turismo na Tailândia – Informações atualizadas

Diante das incertezas, dúvidas e constantes mudanças relacionadas à reabertura da fronteira e do turismo na Tailândia, esse artigo atualiza as informações sobre o tema de acordo com cada novidade que surgir, tendo como início, o mês de maio de 2021.

A mais nova e importante atualização foi a confirmação, por parte do governo, do plano de reabrir as fronteiras e o turismo na Tailândia sem a necessidade da quarentena, já em julho desse ano, para quem tem as duas doses da vacina. Para isso, será usada umas das ilhas como um teste (Phuket). Essa notícia é ótima para os planos de reabertura do país e explicaremos mais sobre ela no final do artigo.

Seguem os três tópicos e atualizações destacadas no artigo:

  • Situação da fronteira e turismo na Tailândia em maio de 21
  • Plano de reabertura das fronteiras da Tailândia para outubro de 21
  • Confirmação do plano de reabertura da ilha de Phuket para julho de 21 – novidade
Praia de Nice Beach em Koh Phi Phi com um barco ancorado e vazia, com a fronteira e turismo fechados na Tailândia.
Koh Phi Phi vazia durante a pandemia

Situação da fronteira e turismo na Tailândia – maio 21

Primeiramente, antes de começarmos a fazer uma atualização dos planos e etapas tomadas em direção à reabertura das fronteiras e turismo na Tailândia, vamos fazer um breve resumo sobre a situação do país em maio de 2021.

A Tailândia está aberta para o turismo, mas é preciso fazer quarentena.

Desde setembro de 2020 a Tailândia abriu as fronteiras para o turismo internacional. Mas, desde então, quem chegar ao país tem que fazer uma quarentena de 14 dias.

Ao chegar no país, o viajante vai direto para o hotel, por onde é preciso ficar por 14 dias até ter o direito de sair e viajar pela Tailândia. Existe uma lista, definida pelo governo, com os hotéis que são permitidos passar o período de quarentena.

No mês de abril, a Tailândia reduziu o período de quarentena para 7 dias para quem tivesse as 2 doses da vacina e 10 dias para quem não estivesse vacinado. Entretanto, devido ao ainda pequeno número da população tailandesa vacinada, ao aumento do número de casos de COVID na Ásia, e ao surgimento de algumas variantes, o governo, por precaução, retornou o período de quarentena para 14 dias.

Com certeza, em termos do turismo comum, a quarentena é o que inviabiliza a vinda ao país no momento. Viajar para Tailândia e ter de ficar preso por 14 dias em um hotel não são as férias que ninguém esperava, claro.

Entretanto, para quem quer passar um tempo maior no país e enfrentar a quarentena obrigatória, segue uma lista com as exigências do momento para entrar na Tailândia:

Lista de restrições e exigências para viajar à Tailândia:

  • Certificado de Entrada – COE (Certificate of Entry). É preciso solicitar e ter um certificado (aprovado pela embaixada) autorizando a entrada. O certificado pode ser solicitado pelo site coethailand.mfa.go.th
  • Seguro de viagem com cobertura médica de 100mil USD para tratamento para Covid-19.
  • Comprovação de reserva em um hotel para o período de quarentena.
  • Teste negativo de COVID de até 72 horas antes de viajar.

Importante!

A Phi Phi Brazuca tem uma agência brasileira na Tailândia, com sede em Phi Phi, com brasileiros sempre presentes para atendê-los.

Além de toda ajuda e suporte em português, organizamos os passeios na ilha e temos parcerias em outras regiões da Tailândia para atender os brasileiros que viajam ao país.

Confira nossos passeios em Phi Phi

Confira nossos passeios na Tailândia

Plano de abertura das fronteiras da Tailândia para o turismo em outubro de 2021 – divulgado em março de 2021

A Tailândia vive hoje uma grande necessidade de reabrir as fronteiras e o turismo no país. Diante deste cenário, o governo já divulgou um plano, e está trabalhando nele, para tentar a abertura das regiões turísticas do país, sem quarentena, a partir de outubro de 2021 (período que começa a alta temporada na Tailândia).

Apesar de o plano ter sido divulgado em março deste ano, é importante ressaltá-lo, uma vez que ele está em constante execução e é o grande objetivo do país e desejo de todos.

Apesar de ainda existirem algumas indefinições e algumas questões em aberto, explicamos melhor o plano de reabertura em massa do país em um outro artigo: Clique aqui.

>>> Confira também nosso artigo com um resumo sobre as principais regiões turísticas do país para ajudar a montar seu roteiro.

Paredão de Rocha no meio do mar de Koh Phi Phi na Tailândia
Imagem de Koh Phi Phi

Faça parte dos nossos grupos de viagem para trocar dicas, tirar dúvidas e conhecer a galera Brazuca que está vindo para a Tailândia


Nos acompanhe pelo Instagram e Facebook para pegar todas as dicas e saber tudo o que acontece na Tailândia!

Plano de reabertura das fronteiras e do turismo na Tailândia sem a quarentena, a partir de julho, na ilha de Phuket – Divulgado em maio de 2021

Apesar de a Tailândia estar planejando a abertura do país, em maior escala, para o mês de outubro, a falta que o turismo faz, em especial em algumas províncias, é enorme. A economia local de algumas ilhas e regiões dependem quase totalmente do turismo. Alguns exemplos são as ilhas de Phuket, Phi Phi e Krabi.

No dia 27/5, o primeiro-ministro da Tailândia confirmou o plano de reabrir a fronteira da Tailândia para o turismo sem a necessidade da quarentena – para já vacinados com as 2 doses da vacina – a partir de 1 de julho. Para isso, será usada uma das ilhas como teste. A ilha em questão é Phuket, a maior ilha do país.

Esse plano já vinha sendo debatido a algum tempo, mas apenas agora o governo confirmou a intenção de colocá-lo em prática.

O governo espera que com essa reabertura os turistas possam começar a voltar, mesmo que ainda em pequeno número, uma vez que não precisariam mais ficar em quarentena.

A ideia é incentivar a economia na região de Phuket e de outras regiões turísticas, além de fazer um teste para a abertura em maior escala da Tailândia, planejada para outubro.

Como vai funcionar modelo de reabertura de Phuket

Os turistas teriam de chegar em Phuket e ficar, por enquanto, pelo menos 14 dias na ilha. Porém, não será preciso ficar de quarentena no hotel. Estará liberado para os visitantes aproveitar a ilha durante os 14 dias de estadia.

Importante ressaltar novamente: apenas estará liberado para entrar em Phuket, sem a necessidade da quarentena, os turistas já vacinados com as 2 doses da vacina. É importante também que os viajantes tenham recebido a segunda dose com mais de 14 dias e menos de um ano.

Crianças com menos de 12 anos, acompanhadas dos parentes vacinados, podem entrar normalmente. Crianças entre 12 e 18 precisam passar por um teste rápido de COVID na chegada.

Ainda não foi oficializado se os viajantes de todos os países estariam liberados para vir nessa nova etapa, ou se terá restrição quanto alguns países. Ainda se espera uma posição oficial por parte do governo, que deve acontecer em breve.

Na chegada em Phuket, além de apresentar um teste negativo para COVID, os turistas terão de fazer o download de um aplicativo, que ajudará a rastrear a localização dos visitantes. No quinto dia da estadia na ilha, os turistas terão de fazer o teste de covid PCR.

Apenas será permitido para os turistas recém-chegados se hospedarem em uma lista de hotéis que cumprem as regras sanitárias no momento. Isso incluí, por exemplo, todos os funcionários vacinados.

Após os 14 dias em Phuket, os viajantes estarão liberados para viajar pelo país, seguindo claro, as restrições determinadas por cada província, no devido momento.

mulher sentada em
James Bond island em Phuket – foto: letyour_wingsfly

Vacinação em Phuket e nas regiões turísticas

Apesar de a vacinação na Tailândia ainda estar lenta, o governo está priorizando as regiões mais turísticas, em especial Phuket, em ordem a viabilizar os planos de abertura da ilha, em julho, e da Tailândia, em outubro.

Na ilha de Phuket, grande parte da população tailandesa já recebeu pelo menos uma dose da vacina, se não as duas doses. Isso também vale para a ilha de Koh Phi Phi.

A meta para viabilizar a reabertura de Phuket é que 70% da população local possa estar vacinada até a data de 1 de julho.

Muitas pessoas questionam sobre a qual vacina a Tailândia irá aceitar. Basicamente, a Tailândia já aprovou todas as vacinas sendo aplicadas em nível mundial. Quanto a Coronavac, ela, juntamente à Astrazeneca são as principais vacinas utilizadas até o momento. Sendo assim, não há nenhum problema para quem recebeu uma dessas vacinas.

Considerações sobre a reabertura de Phuket

Primeiramente, é importante relembrar que como um plano – mesmo que anunciado pelo governo – devido às incertezas e mudanças no momento, ele pode sofrer alterações. Isso ocorreu, por exemplo, com a redução do período de quarentena na Tailândia.

No entanto, mesmo que com algumas respostas em aberto, o plano de reabertura de Phuket, se concretizando, significa o primeiro passo no que podemos chamar da “verdadeira” reabertura da fronteira e do turismo na Tailândia, pois a quarentena obrigatória dento do hotel é abolida.

Além disso, essa reabertura prematura, juntamente com a priorização da vacinação nas regiões turísticas, demonstram a intenção e o trabalho por parte da Tailândia para cumprir com o planejado e poder reabrir o país sem a quarentena, em maior escala, assim que possível!

Mais informações e novidades devem ser divulgadas em breve e atualizaremos a todos por aqui!

Aos poucos boas notícias vão surgindo. Vamos manter o pensamento positivo e trazer energias boas…em breve estaremos juntos novamente!!!

>>> Se você adquiriu o pacote do Hotel Urbano para a Tailândia, confira nosso artigo sobre o assunto.

>>> Confira também nosso artigo sobre os custos de uma viagem para a Tailândia.


Esperamos ter ajudado com as informações que precisava. Caso tenha dúvidas ou necessite de qualquer ajuda referente a Tailândia, entre em contato com a Phi Phi Brazuca que será um prazer ajudar!

Deixe seu Comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.